Histórico

Confira recortes da história da ADEPOL-SC.

Nomeações dos primeiros Delegados de SC
1842 Nomeações dos primeiros Delegados de SC


 Nesta data, o Chefe de Polícia da Província de Santa Catarina - Severo Amorim do Valle (Juiz de Direito) comunicou ao Presidente da Província – Marechal Antero José Ferreira de Brito o cumprimento das determinações acerca das propostas de nomeações dos primeiros Delegados, Subdelegados de Polícia de acordo com as reformas ao Código de Processo Criminal do Império (Lei 261/1841 e Regulamento 120/1842).

(4 de março de 1842 - Fonte histórica: Delegado Felipe Genovez)

Nomeações dos primeiros Delegados de SC
1960 Criação da Polinter

No dia 8 de março de 1960, o Decreto número 14, criou a "Polinter" (Polícia Interestadual), ou primeira Delegacia Especializada no Estado de Santa Catarina. Fato ocorreu no governdo do então governador Heriberto Hulse.

(Fonte histórica: Delegado Felipe Genovez)

 

Criação da Polinter
Criação da Polinter
Fundação da ADPESC
1968 Fundação da ADPESC

Foi o que ocorreu no dia 11 de junho de 1968, quando um grupo de cerca de 20 delegados que ansiava por melhorias na organização das lutas da categoria, decidiu então criar a Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Santa Catarina, na época abreviada como ADPESC.

Fundação da ADPESC
1973 Estatuto Oficial

Publicação do Estatuto Oficial da Associação no Diário Oficial ocorreu em 27 de agosto de 1973.

Estatuto Oficial
Estatuto Oficial
Reconhecimento da ADEPOL-SC como utilidade pública
1975 Reconhecimento da ADEPOL-SC como utilidade pública

Em 30 de junho de 1975, foi aprovado na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, a Lei 5.126, a qual declara de utilidade pública a Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Santa Catarina.A referida Lei foi sancionada em 16 de julho do mesmo ano, pelo então Governador do Estado Antônio Carlos Konder Reis.

 

Reconhecimento da ADEPOL-SC como utilidade pública
1976 Estatuto da Polícia Civil

No dia 21 de outubro comemora-se uma data histórica que remonta nossa grande conquista: oficialização do Estatuto da Polícia Civil do Estado de Santa Catarina. 

 

No registro ao lado, da esquerda para direita: Delegado Ewaldo Vilella (Presidente da Adepol e Corregedor-Geral da Polícia Civil), Comissário Carlos Alberto Vilella (Presidente da Acapoc), Delegado Vinicius Fiamoncini (ex-Superintendente da Polícia Civil). No canto direito, sentado, Governador Antonio Carlos Konder Reis discursando sobre a importância do Estatuto da Polícia Civil.  De pé, o primeiro à direita, Delegado Landmann, assessor do governador no Palácio do Governo.

Acervo pessoal/Doutor Felipe Genovez

Estatuto da Polícia Civil
Estatuto da Polícia Civil
Autoridades prestigiam ato de sanção
1976 Autoridades prestigiam ato de sanção

Solenidade de sanção do Primeiro Estatuto da Polícia Civil do Estado de Santa Catarina: LEI N°. 5.267, de 21 de outubro de 1976. 

No registro personagens importantes da história da ADEPOL-SC e que estavam presentes nesse marcante evento, dentre eles destacam-se: DelegadoThiago (no canto esquerdo), logo atrás Delegados Pedro B. Bardio (de óculos - mais tarde Superintendente da PC) e ao seu lado Umbelino Meirelles (rosto virado), Escrivão Mário Norberto (ao fundo, ao lado da linha vermelha),  Delegado Artur Sell (no centro, de gravata vermelha, mais tarde Presidente da Adepol/SC), Agente Sonia Vieira (de vestido preto), Delegado Valdir Batista (no canto, à direita, de bigode), Major/PM Sidney Pacheco (Delegado da Furtos e Roubos, mais tarde Comandante-Geral da PM, Deputado Estado e Secretário de Segurança, pai da Delegada Andreia), dentre outros.

Acervo pessoal/Doutor Felipe Genovez

Autoridades prestigiam ato de sanção
1977 A conquista da sede oficial

Após anos de organização e atendendo os anseios da categoria, a Associação dos Delegado de Polícia de Santa Catarina (ADEPOL-SC) conquistou sua sede oficial no dia 21 de abril de 1977. O espaço, localizado no Centro de Florianópolis, é amplo e oferece todo o conforto e eficiência necessários para atender o associado. Possui, inclusive, um auditório útil para encontros, palestras e debates.

 

A conquista da sede oficial
A conquista da sede oficial
Manoel dos Santos Dias é o novo presidente
1983 Manoel dos Santos Dias é o novo presidente

Manoel dos Santos Dias é empossado presidente da Associação.

Gestão 1983-1985.

Manoel dos Santos Dias é o novo presidente
1985 Artur Carlos Sell é o novo presidente

A chapa presidida pelo Delegado Artur Carlos Sell  estará à frente da gestão: 1985-1987.

 

Artur Carlos Sell é o novo presidente
Artur Carlos Sell é o novo presidente
O Delegado Alberto de Freitas é o novo presidente
1987 O Delegado Alberto de Freitas é o novo presidente
O Delegado Alberto de Freitas é o novo presidente
1997 O Delegado Mário Martins é o novo presidente
O Delegado Mário Martins é o novo presidente
O Delegado Mário Martins é o novo presidente
Maurício de Freitas Noronha é o novo presidente
2003 Maurício de Freitas Noronha é o novo presidente

Registros da festa que marcou a posse da nova diretoria da ADPESC, gestão do presidente Maurício de Freitas Noronha, que em seu discurso de posse, destacou as seguintes palavras "Modelei-me no perfil de delegado de campo e não policial tecnocrata. Contudo, não abdiquei da burocracia formal.....aprendi, com a humildade, escutar mais e falar pouco; agir mais e pouco falar..."

 

 

Maurício de Freitas Noronha é o novo presidente
2005 Ampliação e reforma da sede própria

Ampliação e reforma da sede própria
Ampliação e reforma da sede própria
A Delegada Sonêa Maria Ventura Neves é a nova presidente
2007 A Delegada Sonêa Maria Ventura Neves é a nova presidente
A Delegada Sonêa Maria Ventura Neves é a nova presidente
2010 O Delegado Renato Hendges é o novo presidente
O Delegado Renato Hendges é o novo presidente
O Delegado Renato Hendges é o novo presidente
Aprovada PEC da Carreira de Delegado como atividade essencial na defesa da ordem jurídica
2012 Aprovada PEC da Carreira de Delegado como atividade essencial na defesa da ordem jurídica

Foi aprovada em dois turnos pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina a Proposta de Emenda a Contituição (PEC 97/2011) que reconhece a carreira de delegado de polícia como atividade essencial na defesa da ordem jurídica. A proposta foi aprovada por unanimidade pelos deputados estaduais, registrando-se apenas uma abstenção.
O reconhecimento da carreira jurídica dos delegados de polícia também já foi alcançado por outros dez Estados. São eles: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais,  Ceará, Maranhão, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará e Paraná.

Aprovada PEC da Carreira de Delegado como atividade essencial na defesa da ordem jurídica
2014 Homenagens

Após uma operação bem-sucedida que mobilizou a Divisão Antissequestro da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil, 17 policiais civis da região e de Florianópolis receberão nesta quinta-feira a Comenda Delegado José Hendges na Câmara de Vereadores de Ilhota pelo desempenho no caso. A cerimônia vai ocorrer às 19h.

Angelo Antonio, 9 anos, foi mantido em cativeiro durante cinco dias. A operação terminou na manhã do dia 13 de junho em Penha, no Litoral Norte. Dois bandidos morreram no confronto com a polícia e um casal foi preso. O sequestro ocorreu dia 29 de maio quando um comerciante teria visto o menino sendo levado à força por um casal que estava em Ford Ka vermelho.

A homenagem será feita a todos os envolvidos no desfecho do sequestro. O nome da comenda é uma referência ao Delegado de Polícia Civil Renato José Hendges que ficou à frente da Divisão de Antissequestros da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) e morreu em abril deste ano.

De acordo com a Polícia Civil, este foi o primeiro caso de sequestro resolvido pela Polícia Civil após a morte do Delegado Renato Hendges.

Jornal de Santa Catarina

Foto - Gilmar de Souza

 

Homenagens
Homenagens
Delegado Ulisses Gabriel é o novo presidente da ADEPOL
2015 Delegado Ulisses Gabriel é o novo presidente da ADEPOL

A nova diretoria da Associação dos Delegados de Polícia de Santa Catarina (Adepol-SC) foi homenageada em solenidade festiva, no Majestic Palace Hotel, em Florianópolis. O evento foi prestigiado por autoridades de todos os Poderes (Executivo, legislativo e Judiciário) e empresários e várias regiões do Estado.

 Em seu discurso como presidente da Adepol-SC, o delegado Ulisses Gabriel conclamou a classe para a luta pela aprovação da lista tríplice, aumento do efetivo, recomposição do subsídio e  alteração do quadro lotacional.  "Somos uma só classe e não podemos ter projetos pessoais ou políticos. Nosso projeto será os anseios dos nossos colegas”, declarou o novo presidente da Adepol-SC.

O jovem delegado Ulisses Gabriel, 32, foi eleito com 232 votos.

O presidente Ulisses Gabriel, Artur José Régis Neto (primeiro vice-presidente à esquerda) e Rodrigo Falk Bortolini (segundo vice-presidente à direita).

 

Delegado Ulisses Gabriel é o novo presidente da ADEPOL