Notícias

VER TODOS

DEIC de SC atinge resultados mais expressivos dos últimos anos

DEIC de SC atinge resultados mais expressivos dos últimos anos

A Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) da Polícia Civil de Santa Catarina, nesta quarta-feira, dia 14 de fevereiro de 2018, divulga os resultados obtidos no ano de 2017. 

A Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) com atribuição em todo o território Catarinense possui como foco o enfrentamento às associações e organizações criminosas, à macrocriminalidade e ainda, às investigações de alta complexidade, por meio das seguintes especializadas: Laboratório e Divisão de Lavagem de Dinheiro (LAB/LD), Divisão de Crimes Contra o Patrimônio Público (DCCPP), Divisão de Roubos e Antissequestro (DRAS), Divisão de Defraudações (DD), Divisão de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) e ainda, da Divisão Especializada de Combate ao Narcotráfico (DENARC).

Visando reprimir de forma qualificada a criminalidade, a DEIC ao longo desse último ano de 2017 reforçou as parcerias com as Delegacias de Polícia da ponta, especialmente com as DIC’s (Divisões de Investigações Criminais), DIPC (Divisão de Inteligência da Polícia Civil), DINI (Diretoria de Informação e Inteligência)-SSP, DINF (Diretoria de Inteligência e Informação)-SJC, Receita Federal do Brasil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Fazendo Estadual de Santa Catarina, Tribunal de Contas de Santa Catarina, Rede LAB (Laboratório de Lavagem de Dinheiro), Rede de Controle da Gestão Pública de Santa Catarina, Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP)/MP, Poder Judiciário e Ministério Público.

No ano de 2017, a Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) obteve resultados mais expressivos dos últimos anos. Em comparação ao ano de 2016, em 2017 houve um crescimento de 126% do número de prisões em flagrante e 77% decorrentes do cumprimento de mandados de prisão, totalizando 546 pessoas retiradas do convívio social, representando o número de 259 prisões a mais em comparação ao ano anterior, conforme tabela abaixo:

PRISÕES COMPARATIVO 2016 – 2017

ANO 2016

ANO 2017

PRISÕES REALIZADAS POR MEIO DE AUTO DE PRISÃO EM FLAGRANTE

76

172

PRISÕES REALIZADAS POR MEIO MANDADO DE PRISÃO

211

374

TOTAL DE PRISÕES POR MEIO DE AUTO DE PRISÃO EM FLAGRANTE E MANDADOS DE PRISÃO

287

546

NÚMERO DE PRISÕES DE 2016 PARA 2017

ACRÉSCIMO DE 259 PRISÕES EM 2017

 

Foram cumpridos 422 ordens de busca e apreensão 2017 expedidas pelo Poder Judiciário, decorrentes de representações realizadas pela DEIC, o que revela o intenso trabalho de investigação realizado pelos grupos da Diretoria. Segue tabela:

MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO CUMPRIDOS 2017

 

422

Já em relação ao combate aos furtos, roubados e receptações de veículos automores, a DEIC recuperou 36% a mais do que 2016, representando um acréscimo de 109 veículos e um montante geral próximo da casa dos 12,9 milhões de reais, conforme tabela FIPE. A Polícia Catarinense é referência nacional na recuperação de veículos, apresentando o índice de 65,9% em 2017, sendo um dos melhores do país. No mesmo período, houve crescimento de 150% das apreensões de armas de fogo e 33% de munições, conforme se observa abaixo:

RECUPERAÇÕES VEÍCULOS AUTOMOTORES FURTADOS/ROUBADOS 2016/2017

ANO 2016

ANO 2017

RECUPERAÇÕES VEÍCULOS FURTADOS/ROUBADOS

300

(PATRIMÔNIO DE 11,5 milhões - TABELA FIPE)

409

(PATRIMÔNIO DE R$12.891.350,00 - TABELA FIPE)

NÚMERO DE RECUPERAÇÕES 2016 - 2017

ACRÉSCIMO DE 109 VEÍCULOS RECUPERADOS EM 2017

ACRÉSCIMO DE R$ 1.391.350,00 (UM MILHÃO, TREZENTOS E NOVENTA E UM MIL, TREZENTOS E CINQUENTA REAIS)

 

--------------------------------------------------------------------------------------------

 

APREENSÕES ARMAS E MUNIÇÕES COMPARATIVO 2016 E 2017

ANO 2016

ANO 2017

ARMAS APREENDIDAS

 

31

77

NÚMERO DE ARMAS APREENDIDAS 2016/2017

ACRÉSCIMO DE 46 ARMAS DE FOGO EM 2017

 

--------------------------------------------------------------------------------------------

 

APREENSÕES MUNIÇÕES – 2016 – 2017

2016

2017

MUNIÇÕES APREENDIDAS

 

1300

1735

NÚMERO DE MUNIÇÕES APREENDIDAS 2016 – 2017

ACRÉSCIMO DE 435 MUNIÇÕES EM 2017

No que tange ao combate ao narcotráfico, foram realizadas as maiores apreensões de drogas já registradas em território catarinense, resultando num aumento de 266% em relação ao ano de 2016, correspondendo na ordem de 25 milhões de reais em drogas retirados de circulação, enfraquecendo assim às organizações criminosas, conforme abaixo:

APREENSÕES DE DROGAS COMPARATIVO 2016 E 2017

ANO 2016

ANO 2017

MACONHA

6 toneladas

16 toneladas

ECSTASY E OUTRAS

10 mil comprimidos

Cocaína 275 kg

Crack 39 kg

Metanfetamina 3,176 kg

Skunk 4 kg

Plantações de maconha 15 kg

* VALOR ESTIMADO 25 MILHÕES DE REAIS

NÚMERO DE APREENSÕES DE 2016 P/ 2017

ACRÉSCIMO DE 10 TONELADAS DE DROGAS

Visando apreender bens, valores e direitos alcançados com o crime, bem como o combate a lavagem de dinheiro, em 2017 foram apreendidos e/ou sequestrados mais de 13,2 milhões de reais, entre valores em espécie/depositados em contas bancárias, veículos automotores e bens imóveis. Nesse último ano tivemos um acréscimo de mais 1,7 milhão de reais em comparação ao ano de 2016.

VALORES, VEÍCULOS E IMÓVEIS APREENDIDOS/SEQUESTRADOS 2016/217

ANO 2016

ANO 2017

SEQUESTRO DE VALORES EM ESPÉCIE E CONTAS BANCÁRIAS

 

 

 

 

 

SEQUESTRO DE VEÍCULOS E BENS IMÓVEIS

 

 

 

 

 

MONTANTE DE 11,5 MILHÕES DE REAIS

R$ 3.826.150,00 (três milhões, oitocentos e vinte e seis mil, cento e cinquenta reais e senta centavos)

 

33 veículos automotores e 20 bens imóveis R$9.395.371.000,00 (nove milhões, trezentos e setenta e um mil reai)

 

MONTANTE DE R$13.221.521,00

ACRÉSCIMO DE VALORES, BENS MÓVEIS E IMÓVEIS APREENDIDOS E

SEQUESTRADOS DE 2016 P/ 2017 = R$1.721.521,00

Com vistas a repressão aos crimes da era digital, a DEIC com apoio e suporte da Delegacia-Geral da Polícia Civil, desde os primeiros meses de 2017, uma equipe especialmente dedica para tal mister foi designada, inclusive nos próximos dias deverá ser formalizada a criação da DRCI – Divisão Repressão aos Crimes de Informática no âmbito da DEIC. A equipe juntamente com a DINI/SSP, IGP, SENASP-MJ e DRP Canoinhas, deflagraram a Operação Luz na Infância em Santa Catarina, visando apurar crimes de exploração sexual contra crianças, sendo cumpridos 11 mandados de busca e apreensão nos municípios de Biguaçu, Canoinhas, Criciúma, Itajaí, Lages, São José e Palhoça, com participação de 40 Policiais Civis e 16 Peritos Criminais e Auxiliares do Instituto de Criminalística - IGP. A operação foi realizada simultaneamente em todo o país. Em Santa Catarina 3 pessoas foram presas em flagrante. http://www.policiacivil.sc.gov.br/informacoes/noticias/39143-policia-civil-e-instituto-geral-de-pericias-deflagram-operacao-luz-na-infancia-em-sc

 

SEGUE ABAIXO AS OPERAÇÕES/TRABALHOS DE DESTAQUE DAS DIVISÕES DA DEIC:

1) DRAS (DIVISÃO DE ROUBOS E ANTISSEQUESTRO) – DEIC:

- Em 03/02/2017 – LAGES/SC: Prisão de quadrilha que transportava explosivos no interior de um veículo;

http://www.policiacivil.sc.gov.br/informacoes/noticias/38-lages-08-delegacia-regional-de-policia/37087-policia-civil-prende-quadrilha-de-caixas-eletronicos-na-serra-catarinense

- Em 11/02/2017 – SÃO JOÃO BATISTA/SC: Prisão de quadrilha durante a tentativa de assalto a Agência a agência bancária;

- Em 02/03/2017 – PORTO ALEGRE/RS: Prisão do restante da quadrilha que praticou o assalto a Agência bancária na cidade de São João Batista/SC;

- Em 23/03/2017 – PALHOÇA/SC: Prisão de quadrilha que assaltou uma joalheria na cidade de Rio do Sul;

http://www.policiacivil.sc.gov.br/informacoes/noticias/41-palhoca-30-delegacia-regional-de-policia/37573-policia-civil-prende-em-palhoca-quadrilha-de-assaltantes-de-joalheria-que-atuou-em-rio-do-sul

- Em 26/04/2017 – FLORIANÓPOLIS/SÃO PAULO: Prisão de quadrilha que praticou extorsão mediante sequestro, tendo como vítima a esposa de um empresário do ramo de moedas virtuais (Bitcoins);

http://www.policiacivil.sc.gov.br/informacoes/noticias/41-palhoca-30-delegacia-regional-de-policia/37573-policia-civil-prende-em-palhoca-quadrilha-de-assaltantes-de-joalheria-http://www.policiacivil.sc.gov.br/informacoes/noticias/38159-policia-civil-resgata-mulher-residente-em-florianopolis-em-cativeiro-em-sp-atuou-em-rio-do-sul

- Em 08/08/2017 – SÃO LOURENÇO DO SUL/RS: Prisão do autor que assassinou homem em 2015, ocultando o corpo na Região Norte de Florianópolis/SC;

- Em 17/08/2017 – FLORIANÓPOLIS/SC: Localização do corpo do homem assassinado em 2015 no norte da Ilha;

http://www.policiacivil.sc.gov.br/informacoes/noticias/39574-policia-civil-esclarece-sequestro-de-argentino-na-capital

- Em 30/10/2017 – CHAPECÓ: Prisão de quadrilha que praticou extorsão contra a Empresa;

- Em 08/12/2017 – SÃO CAETANO DO SUL/SP: Prisão de homem que praticava extorsão contra a família de um Empresário de Florianópolis.

 

2) DCCPP (DIVISÃO DE CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO PÚBLICO)/DEIC:

- OPERAÇÃO ATOLEIRO - Investigou-se repasses de subvenções da Secretária de Estado de Turismo, Esporte e Cultura para associações criadas apenas para "esquentar" o recebimento do dinheiro público, que era destinado para realização de eventos ligados à pasta.

http://www.policiacivil.sc.gov.br/informacoes/noticias/32-florianopolis-delegacia-geral-da-policia-civil/38588-policia-civil-deflagra-operacao-atoleiro-e-prende-integrantes-de-associacao-criminosa-que-se-enriqueciam-ilicitamente-de-dinheiro-publico

- FRAUDE EM CNH NA CIDADE DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ - Investigou-se um grupo criminoso envolvendo integrantes de centros de formação de condutores da região de Balneário Camboriú, do período de 2012 a 2016, que captou inúmeras pessoas residentes nos estados no Rio Grande do Sul e Paraná, a fim de realizarem exames e cursos naquela cidade, mediante apresentação de declarações de residências ideologicamente falsas; http://sc.gov.br/index.php/noticias/temas/seguranca-publica/policia-civil-deflagra-operacao-para-reprimir-fraudes-na-emissao-de-cnh-em-balneario-camboriu

- OPERAÇÃO SEIVAL - Operação por meio da Divisão de Crimes Contra o Patrimônio Público da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DCCPP/DEIC) e Delegacia da Comarca de Laguna, em conjunto com o Ministério Público, que desarticulou um grupo criminoso que atuava na cidade de Laguna na prática de crimes contra administração pública; http://www.sc.gov.br/index.php/noticias/temas/seguranca-publica/policia-civil-e-ministerio-publico-desarticulam-organizacao-que-praticava-crimes-contra-administracao-publica

- APURAÇÃO DE POSSÍVEL “VAZAMENTO” NO CONCURSO DA PM - operação visando a apuração criminal dos responsáveis por divulgar o tema DA REDAÇÃO DO CONCURSO DE OFICIAIS DA POLICIA MILITAR dois meses antes do certame;http://www.policiacivil.sc.gov.br/informacoes/noticias/32-florianopolis-delegacia-geral-da-policia-civil/39409-policia-civil-deflagra-operacao-visando-o-cumprimento-de-medidas-judiciais-que-apura-fraude-em-concurso-publico-da-pmsc

 

3) LAB/LD (LABORATÓRIO E DIVISÃO DE LAVAGEM DE DINHEIRO)/DEIC:

- Operação F7 realizada conjuntamente entre a Polícia Civil, Secretaria da Fazenda de Santa Catarina e Receita Federal, visando o combate a sonegação fiscal realizada através de software. A estimativa de sonegação, feita a partir da comparação entre receita bruta e movimentação financeira dos usuários do software, é de R$ 1 bilhão em impostos estaduais e federais.

http://www.sc.gov.br/index.php/noticias/temas/seguranca-publica/operacao-f7-prende-oito-pessoas-e-cumpre-18-mandados-de-busca-e-apreensao

- Operação Zoológico – investigou organização criminosa pela prática das infrações de jogo do bicho e lavagem de dinheiro. A banca investigada arrecada anualmente cerca de R$ 13,5 milhões e conta com aproximadamente dois mil locais de aposta na Grande Florianópolis.

http://www.sc.gov.br/index.php/noticias/temas/seguranca-publica/policia-civil-deflagra-operacao-contra-lavagem-de-dinheiro-decorrente-de-jogo-do-bich

 

4) DD (DIVISÃO DE DEFRAUDAÇÕES)/DEIC:

OPERAÇÃO CONTRA GOLPES COM UTILIZAÇÃO DO SITE OLX - 26/01/2017 Santa Maria/RS, Divisão de Defraudações - DD/DEIC e DPPA - Polícia Civil Santa Maria/RS http://www.pc.sc.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12062:policia-civil-prende-estelionataria-no-rio-grande-do-sul&catid=46:regiao-1&Itemid=107

OPERAÇÃO GOLPE DO BILHETE I - 21/02/2017 - Itajaí/SC - Divisão Defraudações - DD/DEIC - Quadrilha Golpe do Bilhete Premiado

OPERAÇÃO SPAM - 21/03/2017 - Blumenau/SC - Divisão de Defraudações - DD/DEIC - Fraude contra Instituição Bancária praticada por Hacker. http://www.pc.sc.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12313:policia-civil-identifica-hacker-que-aplicava-golpes-contra-instituicao-bancaria-em-sc&catid=85:destaque&Itemid=131

OPERAÇÃO GOLPE DO BILHETE II - 06/05/2017 - Passo Fundo/SC - Divisão de Defraudações - DD/DEIC - Cumprimentos de Mandados e APF referente quadrilha responsável Golpe do Bilhete http://www.pc.sc.gov.br/informacoes/noticias/38211-policia-civil-de-sc-deflagra-operacao-contra-quadrilha-de-estelionatarios-no-rs

OPERAÇÃO 100 - FRAUDE IMOBILIÁRIA 01/06/2017 Itapema/SC - Divisão de Defraudações - DD/DEIC - Quadrilha que fraudava a compra e venda de imóveis em Itapema e Porto Belo, no Litoral Norte catarinense.

OPERAÇÃO TV FAKE 25/07/2017 Florianópolis/SC Divisão de Defraudações - DD/DEIC - A investigação identificou grupo responsável por um sistema moderno e sofisticado, com o qual  conseguiam burlar a segurança de uma operadora de TV a cabo. Com isso, os usuários obtinham indevidamente acesso ilimitado a canais pagos.

http://www.policiacivil.sc.gov.br/informacoes/noticias/32-florianopolis-delegacia-geral-da-policia-civil/38656-policia-civil-apreende-aparelhos-receptores-na-capital

OPERAÇÃO - CUMPRIMENTO MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO - 30/08/2018 Balneário Camboriú/SC Divisão de Defraudações - DD/DEIC e demais Divisões DEIC - Cumprimento de Mandados de Busca e Apreensão produtos comercializados sem autorização ANVISA.

OPERAÇÃO MUNDO DAS CAPAS - 26/09/2017, Chapecó/SC, Divisão de Defraudações - DD/DEIC - Foram apreendidos objetos expostos à venda, ocultados e armazenados, sem a devida autorização e com violação a direito autoral. Foram apreendidos objetos das marcas Apple, Motorola, Cartoon Network e Marvel Characters

http://www.pc.sc.gov.br/informacoes/noticias/39011-policia-civil-apreende-acessorios-para-celulares-sem-autorizacao-do-fabricante-no-oeste

OPERAÇÃO FRAUDE CONTRA INSTITUIÇÃO BANCÁRIA, 18/09/2018 Itajaí/SC - Divisão de Defraudações - DD/DEIC

http://www.pc.sc.gov.br/informacoes/noticias/38975-policia-civil-prende-dupla-especializada-em-fraudes-contra-bancos-e-apreende-r-700-mil

 

5) DIVISÃO ESPECIALIZADA DE COMBATE AO NARCOTRÁFICO (DENARC)/DEIC:

- Em 10.08.2017 - Joinville - Durante ação conjunta da Polícia Civil, por meio de Denarc e Receita Federal do Brasil, com apoio da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar, foi apreendido 149 tabletes de cocaína, totalizando 158 quilos, avaliada em R$ 4 milhões, sendo uma pessoa presa em flagrante, pela prática do crime de tráfico interestadual de drogas;

- Em 04.12.2017 Camboriú - A Denarc/Deic e Receita Federal do Brasil realizaram a apreensão de 94 tabletes de cocaína, totalizando 101,2 quilos, avaliada em R$ 3 milhões, e ainda, prendeu em flagrante um homem que transportava a droga. Na ocasião também foi apreendido um veiculo Renault Master;

- No ano de 2017, foram registradas as maiores apreensões de drogas em território catarinense, num total de 16 toneladas de maconha, resultando na prisão de cinco pessoas, em operações realizadas pela equipe da Denarc/Deic em parceria com a DFRV/Deic, DIC de São Lourenço do Oeste, PRF e Receita Federal do Brasil, ocorridas nos meses de maio, junho e julho de 2017, nas cidades de Garuva, Porto Belo e Ponte Alta. Com o aprofundamento das investigações, a Divisão Especializada de Combate ao Narcotráfico, em 17 de outubro de 2017, desarticulou a organização criminosa responsável pelo envio dos carregamentos mencionados para Santa Catarina ao realizar a prisão de quatro pessoas.

http://www.sc.gov.br/index.php/noticias/temas/seguranca-publica/policia-civil-atinge-marcas-historicas-de-apreensoes-de-drogas-em-2017

 

6) DIVISÃO DE REPRESSÃO AO CRIME ORGANIZADO (DRACO)/DEIC:

- 10/02/2017: Diligências foram realizadas na Capital. A Draco/Deic prendeu cinco pessoas em flagrante, responsáveis pelos atentados contra as Delegacias de Polícia do Norte da Ilha, 7ª e 8ª da Capital, logo após o dia seguinte à prática dos fatos;

- 20/04/2017: Foi deflagrada operação policial de maior ofensiva contra facções criminosas já realizada em Santa Catarina pela Polícia Civil, nas cidades de Florianópolis, São José, Balneário Camboriú, Itajaí, Joinville, Araquari e Laguna. A Draco teve apoio de todas as divisões da Deic, DPGF, DIPC, Saer, DIC Laguna, DIC e 2ª DRP Joinville, DIC e SIC/DPCO de Balneário Camboriú, DIC de Itajaí e integrantes da Dini. Ao todo, 102 pessoas foram pessoas em decorrência de mandado de prisão. Foram apreendidas três armas de fogo, diversas munições e drogas. A Draco/Deic compartilhou elementos de prova de autoria de crimes de homicídios com a DIC - Divisão de Investi.

PUBLICIDADE Crossfit interno

Outras Notícias

VER TODOS