Notícias

VER TODOS

Diretoria da ADEPOL-SC reúne-se com delegados de Florianópolis

Diretoria da ADEPOL-SC reúne-se com delegados de Florianópolis


 Desde março deste ano, a Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Santa Catarina – ADEPOL-SC está percorrendo as 30 regionais catarinenses para apurar as principais demandas relacionadas às áreas de segurança pública e da Polícia Civil, assim como apresentar os resultados conquistados pela atual diretoria. Nesta quarta-feira (16/05), a reunião foi com os delegados de Florianópolis, realizada na sede da ADEPOL-SC. Até o final deste mês a comitiva, liderada pelo presidente da entidade, dr. Ulisses Gabriel, terá percorrido todo o Estado.
 
Durante a reunião em Florianópolis, foi feita a prestação de contas dos trabalhos desenvolvidos pela diretoria da ADEPOL-SC, e apresentadas as metas traçadas para 2018. Entre tantas conquistas elencadas pelo presidente, vale destacar que 130 delegados se filiaram à ADEPOL-SC desde 2015, um número significativo que mostra a força da entidade. Nesse período, foram adotadas algumas medidas judiciais para garantir a aposentadoria especial dos delegados, bem como a indenização pelas licenças-prêmio não gozadas. Outro destaque é a defesa das prerrogativas dos delegados de polícia, fornecendo aos associados todo o suporte para garantir seus direitos, tanto administrativamente como judicialmente. 

Outra conquista recente da ADEPOL-SC citada na reunião foi a correção da lei das titularidades de delegacia, alterando o texto legal para indenizar os delegados que respondem por mais de uma unidade policial, oportunidade que também aumentou o prazo para acumulação de delegacias, o qual era limitado a seis meses, o que não condizia com a realidade atual da PC. Além disso, houve a conquista do fim do pedágio de 12 horas, que fazia com que policiais civis recebessem pelo sobre aviso somente a partir das 13h trabalhadas no mês. 
 
O presidente ainda lembrou das iniciativas dedicadas à valorização dos delegados e de toda a Polícia Civil, com ações na mídia e a realização de congressos e palestras. Também foram lançados dois livros de artigos jurídicos coordenados pela ADEPOL-SC, e o terceiro está em fase de finalização. Neste período, ainda houve a implantação do projeto Delegado Mirim, voltado às crianças, com o intuito de fornecer suporte e orientação aos pequenos delegados mirins. 
 
“O principal objetivo desses encontros, além de ouvir os delegados e suas principais carências, é tornar a ADEPOL-SC reconhecida tanto interna quanto externamente. E cada reunião é de suma importância para mostrar que ainda há muito a ser feito, mas que o trabalho realizado até aqui tem gerado resultados muito positivos”, destacou Ulisses Gabriel, elencando alguns pontos que ainda pretende lutar, como: recomposição do efetivo, os direitos dos delegados aposentados, os processos de promoção, dentre outros.
 
Finalizadas as reuniões, a ADEPOL-SC vai apresentar as demandas à Delegacia Geral da Polícia Civil, à Secretaria de Segurança Pública e ao Governo do Estado.

PUBLICIDADE damasio interno

Outras Notícias

VER TODOS