Notícias

VER TODOS

Operação Independência

Operação Independência

A Operação Independência, que faz alusão à data patriótica comemorada no dia 7 de setembro e à autonomia constitucional da Polícia Civil em suas atividades investigativas e de polícia judiciária, foi deflagrada na manhã dessa quinta-feira e resultou até o momento em 48 prisões de integrantes da organização criminosa deste Estado, responsável pelos atentados ocorridos na última semana.

Líderes da organização criminosa, dentro e fora das unidades prisionais, assim como responsáveis por transmitir ordens para as ações criminosas, foram os principais alvos da operação da Polícia Civil.

Foram lavrados até o momento cinco autos de prisão em flagrante, em razão de apreensões de drogas, munições de calibres diversos, balanças de precisão, depósitos bancários, rádio comunicadores, certa quantia dinheiro e anotações, celulares, cartas e bilhetes com alusão à organização criminosa.

Os conduzidos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse de munição de calibre restrito e participação em organização criminosa.

Foram realizadas diligências nas cidades de Florianópolis, São José, Navegantes, Joinville, Blumenau, Ilhota e Criciúma.

Além da DEIC, a Operação Independência contou com a participação de unidades policiais da DPGF, DPOL, DPOI, SAER, Acadepol e DINI/SSP, com 300 policiais civis.

É oportuno ressaltar a atenção, presteza e agilidade com que o Ministério Público e o Poder Judiciário analisaram e chancelaram as investigações lavadas à efeito pela Polícia Civil, ensejando na decretação 100 medidas cautelares.

A Polícia Civil não medirá esforços para continuar combatendo as organizações criminosas que ousam desafiar as leis e o Estado.

FOTO: Leo Munhoz / Diário Catarinense

PUBLICIDADE damasio interno Anuncie

Outras Notícias

VER TODOS