Notícias

VER TODOS

Operação prende 38 suspeitos de homicídios em Santa Catarina

Operação prende 38 suspeitos de homicídios em Santa Catarina

A Polícia Civil de Santa Catarina cumpriu 38 mandados de prisão nesta terça-feira (28) durante a segunda fase da Operação Cronos, realizada simultaneamente em todo o país. A ação ocorreu ao longo do dia e teve como objetivo localizar suspeitos de homicídios e de feminicídios que tinham mandado de prisão em aberto.

O maior número de prisões no Estado foi em São José, na Grande Florianópolis, onde nove pessoas foram capturadas, entre elas um foragido do Rio Grande do Sul.

Em Joinville, o número chegou a sete prisões. Na Capital, três pessoas foram localizadas e recolhidas ao sistema carcerário. As buscas ocorreram em todos os municípios do Estado.

Outros 82 suspeitos são procurados em Santa Catarina. Dos 120 mandados de prisão – 38 cumpridos – apenas um era contra autor de feminicídio, mas o procurado segue em situação irregular.

Em coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira, o delegado-geral da Polícia Civil de SC, Paulo Koerich, destacou a importância da operação.

— A polícia está trabalhando e vai continuar. As pessoas que têm contas a prestar com a Justiça serão chamadas a se explicar. E aqueles que têm mandados de prisão decretados, nós vamos levar a efeito o cumprimento, em respeito à sociedade catarinense e aos nossos visitantes.

Confissão e busca por corpo no Alto Vale do Itajaí

Em Taió, no Alto Vale do Itajaí, um caso chamou a atenção das equipes envolvidas na operação. No município, cinco pessoas foram presas. Uma delas confessou envolvimento com o desaparecimento de um rapaz em 2017.

No momento da prisão, o suspeito relatou que o jovem de 19 anos nunca foi encontrado porque havia sido morto. O preso ainda relatou que o corpo foi esquartejado, enrolado em um cobertor e escondido em um local ermo, no interior de uma mata. O crime teria sido motivado por um desacerto após consumo de drogas.

Após a confissão, o suspeito indicou o local em que o corpo havia sido desovado. Equipes se dirigiram até o ponto indicado e, até a pública deste texto, faziam buscas pelos restos mortais da vítima.

— O crime foi praticado com requintes de crueldade — avaliou o delegado.

De acordo com a Polícia Civil, em todo país foram contabilizadas 937 prisões até a noite desta terça-feira. Dos mandados cumpridos, 881 eram por homicídio e 56 por feminicídio.

 

Fonte: Diário Catarinense

PUBLICIDADE comarca interno 1 FG seguros 1

Outras Notícias

VER TODOS