Notícias

VER TODOS

Polícia Civil apresenta resultados positivos na repressão de roubos em Criciúma

Polícia Civil apresenta resultados positivos na repressão de roubos em Criciúma

Os números apresentados são positivos, com uma redução significativa nos crimes de roubos nos últimos dois anos. A Divisão de Investigação Criminal de Criciúma apresentou análise gráfica que indica uma curva com diminuição nas ocorrências, com base nos dados das unidades policiais civis de Criciúma. A análise dos policiais civis englobou os registros de roubos, consumados e tentados, na última década. O processamento dos dados é de caráter sigiloso, sendo divulgados os gráficos na escala real.

O Delegado de Polícia Yuri Miqueluzzi, da Divisão de Roubos, aponta que o índice de roubos registrados entre janeiro e outubro desse ano é o menor desde 2008, comparando o mesmo intervalo anual. Comparado com o ano passado, houve uma redução de 28% nas ocorrências. Se comparado com 2015, houve uma diminuição de 35%. Apesar de não haver uma tolerância ou margem segura para qualquer ato violento, é um indicativo de que o trabalho realizado está tendo um resultado positivo. (imagem ao lado)

Em outra análise (imagem abaixo), por mês, de 2015 a 2017, verifica-se um controle e constância dos registros realizados no atual ano, com uma gradativa diminuição no decorrer dos últimos meses de 2017. Esse movimento já vinha sendo controlado desde 2016, com redução gradual dos picos mensais analisados em 2015, devido a episódios específicos. A análise dos roubos de veículos também apontou uma diminuição nos últimos três anos. De janeiro a outubro, houve uma redução de 32% (2015) e 9% (2016) se comparado como o mesmo intervalo.

Segundo o Delegado Yuri Miqueluzzi, "a análise demonstra que as ações elaboradas estão surtindo o efeito desejado. A aplicação do planejamento estratégico da Delegacia Regional de Polícia, iniciado pelos antecessores (Del. Jorge Koch e Del. Juarez Medeiros) e mantido pelo atual Delegado Regional (Del. Ivaldo Gregório), revela indicativos favoráveis. O fortalecimento do efetivo da Polícia Civil diretamente na atividade fim de investigação criminal é um dos melhoramentos, bem como a especialização de equipes para cada grupo de delitos". 

Nos últimos seis meses, apenas nos delitos de roubos, foram cumpridas dezenas de prisões preventivas/temporárias e mandados de busca e apreensão frutos de investigação da Polícia Civil, deferidos pelo Poder Judiciário com parecer favorável do Ministério Público. Foram dezenas de indiciamentos de suspeitos, com a continuidade dos trabalhos realizados pela equipe antecessora (Del. Márcio Campos Neves). 

São destaques ainda as atuações dos policiais militares no policiamento preventivo, do IGP no apoio às investigações e do DEAP na custódia dos investigados. Ainda cabe destacar o ganho operacional nas investigações com a chegada do Serviço Aeropolicial (SAER) para apoios aéreos nas operações. Todos esses fatores contribuíram para os indicadores positivos apresentados.

PUBLICIDADE comarca interno 1 Anuncie

Outras Notícias

VER TODOS