Notícias

VER TODOS

Polícia Civil de Cunha Porã participa dos eventos do programa Viver sem violência

Polícia Civil de Cunha Porã participa dos eventos do programa Viver sem violência
Na noite desta terça-feira (22), a Polícia Civil de Cunha Porã, foi representada pelo Delegado de Polícia Conrado Ferri Cintrão, o qual participou da abertura dos eventos relativos ao Programa “Viver sem violência”,  que ocorreu no salão nobre da Prefeitura do Município. 
 
A programação foi inaugurada com a “Roda de Conversa”, oportunidade em que o Delegado de Polícia abordou sobre violência doméstica, tratando sobre seu conceito, espécies, mecanismos de proteção e denúncias. A população compareceu em grande número e participou ativamente da conversa, formulando questionamentos, os quais eram respondidos pelo representante da Polícia Civil.
 
Os eventos prosseguiram ao longo da quarta-feira (23), na Praça da Bandeira do município de Cunha Porã, onde se encontrava o ônibus lilás, símbolo do programa. 
 
Durante o evento, a Polícia Civil de Cunha Porã novamente se fez presente, sendo ofertado o serviço de registro de Boletins de Ocorrência e prestação de esclarecimentos acerca do assunto violência doméstica e familiar através da equipe da Delegacia de Polícia Móvel.
 
O evento foi organizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Cunha Porã, tendo a interveniência do Governo Estadual de Santa Catarina, por meio da ADR de São Miguel do Oeste.
 
Além da Polícia Civil, também participaram das atividades outros órgãos e entidades municipais.
 
Importante mencionar que o Programa Viver Sem Violência/ Mulheres e Cidadania, (ônibus lilás ) articula se principalmente os serviços do Sistema de Justiça, Saúde, Segurança Pública entre outros serviços inovando em propor uma saída do ciclo de violência por meio de orientação profissional dos municípios e ainda, objetiva informar as mulheres catarinenses que estão distantes dos centros urbanos sobre os tipos de violência doméstica e familiar, lei Maria da Penha,  Disque 180 e dar conhecimento dos atendimentos existentes da rede.
PUBLICIDADE damasio interno

Outras Notícias

VER TODOS