Notícias

VER TODOS

Polícia Civil deflagra Operação Anjo da Guarda

Polícia Civil deflagra Operação Anjo da Guarda

A Polícia Civil, por meio do Setor de Investigação e Capturas - SIC da Delegacia de Polícia da Comarca de Pinhalzinho, deu cumprimento a mandado de busca e apreensão, no final da tarde de quinta-feira (14), o que deu ensejo a prisão em flagrante de J.P.S., de 38 anos, em Pinhalzinho.

O investigado foi autuado pela prática do crime previsto no art. 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente: "Oferecer, trocar, disponibilizar transmitir, distribuir, publicar ou divulgar por qualquer meio, inclusive por meio de sistema de informática ou telemático, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente", estando sujeito, se condenado, a pena de reclusão, de 3 (três) a 6 (seis) anos, e multa.

Segundo o delegado Arthur Lopes, além de o investigado armazenar material criminoso em seu computador, também disponibilizava na rede vídeos contendo cenas de sexo explícito envolvendo crianças, com idades que variam de 5 (cinco) anos de idade a adolescentes. "Trata-se de operação que faz parte de investigação de combate a pedofilia, a qual conta com a parceria da Delegacia de Polícia da Comarca de Maravilha", explica.

E ainda, a autorização judicial da diligência de hoje contou com a pronta e eficaz manifestação do Ministério Público, bem como com a celeridade da Vara Única da Comarca de Pinhalzinho.

Os equipamentos apreendidos foram encaminhados ao Instituto Geral de Periciais - IGP, a fim de realizar a análise técnica do material.

Após os procedimentos policiais, o preso foi encaminhado à Unidade Prisional Avançada - UPA de Maravilha, de onde será encaminhado a audiência de custódia.

PUBLICIDADE Crossfit interno

Outras Notícias

VER TODOS