Notícias

VER TODOS

Polícia Civil elucida roubo e falso sequestro em menos de 24 horas

Polícia Civil elucida roubo e falso sequestro em menos de 24 horas
O CASO
 
Neste sábado (2), foi amplamente divulgado nos veículos de comunicação regionais do extremo-oeste catarinense que um casal teria sido arrebatado por assaltantes na cidade de Dionísio Cerqueira/SC. Após liberarem uma das vítimas (mulher) na cidade de Clevelândia/PR, os autores se evadiram de posse do veículo subtraído (GM/Corsa), tomando rumo ignorado. As informações preliminares indicavam que o homem (suposta vítima) estava desaparecido, possivelmente sequestrado, pois não foi liberado pelos autores.
 
Na ação, a mulher foi trancada no porta-malas do próprio veículo. Por diversas vezes, mediante paradas no percurso de viagem, foi levada para locais ermos, onde recebeu ordens para se ajoelhar, momentos nos quais foi ameaçada de morte, inclusive com a cabeça sob a mira da arma de fogo utilizada por um dos assaltantes, em típicas cenas de execução.
 
 
INVESTIGAÇÕES IMEDIATAS
 
Tão logo ciente dos fatos, a Polícia Civil de Dionísio Cerqueira/SC deflagrou investigações para localização da vítima desaparecida, autores e produtos do crime.
 
Após diversas diligências realizadas no curso da presente data, com irrestrito apoio operacional de diversos órgãos policiais, imperando mencionar a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil de Pato Branco e Clevelândia, Polícias Militares de Dionísio Cerqueira e Jaraguá do Sul e Polícia Militar de Clevelândia, a Polícia Civil logrou êxito em identificar suspeitos do fato, bem com o paradeiro provável dos autores do crime, na cidade de Jaraguá do Sul/SC, para onde se deslocaram os autores durante a última madrugada.
 
As investigações  evidenciaram que o crime foi premeditado pelo homem falsamente sequestrado (suposta vítima) que, em comunhão de esforços com os coautores, roubou o carro da  namorada (a qual conheceu há aproximadamente seis meses), evadindo-se, após, para a cidade de Jaraguá do Sul/SC na companhia dos comparsas. 
O indivíduo simulou circunstâncias do próprio sequestro (roubo mediante restrição da própria liberdade) para dissuadir eventuais suspeitas sobre sua pessoa.
A verdadeira vítima e proprietária do veículo, foi trancada no porta-malas do carro, sofrendo inúmeras ameaças de morte sob a mira de arma de fogo. Após diversas horas sob o poder dos assaltante, foi asfixiada para que perdesse a consciência, sendo abandonada às margens da rodovia. Ao retomar os sentidos, buscou o auxílio de moradores das proximidades, que acionaram a Polícia Militar na cidade de Clevelândia.
 
 
PRISÃO
 
De posse das informações colhidas em menos de 24 horas, a Polícia Civil difundiu informes a Polícia Militar de Jaraguá do Sul, pelo que se logrou êxito em capturar os suspeitos naquela localidade.
O veículo roubado e outros pertences da vítima foram recuperados, restando apreendida também a arma de fogo provavelmente utilizada no crime. 
 
Os autores, que se preparavam para fugir para destino diverso, foram capturados e, juntamente com os objetos relacionados ao crime, foram apresentados à equipe de Polícia Civil plantonista na cidade de Jaraguá do Sul/SC.
De posse da documentação produzida na investigação em Dionísio Cerqueira, o Delegado de Polícia Civil plantonista determinou a lavratura de Auto de Prisão em Flagrante pela prática do crime de roubo majorado pelo concurso de agentes, emprego de arma de fogo e restrição da liberdade da vítima.
 
Importante mencionar que a colaboração da comunidade e o fluxo de informações entre os órgãos de segurança foram imprescindíveis para o esclarecimento dos fatos, autuação flagrancial dos autores e recuperação dos objetos roubados
PUBLICIDADE damasio interno

Outras Notícias

VER TODOS