Notícias

VER TODOS

Polícia Civil indicia autores de explosão de agência bancária de Rio do Campo

Polícia Civil indicia autores de explosão de agência bancária de Rio do Campo

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Roubos e Antissequestro (DRAS/DEIC) e da Delegacia de Polícia de Rio do Campo, identificou os seis autores do roubo, ocorrido em 03/11/2016, quando uma agência bancária da cidade foi atacada e teve o cofre e os caixas eletrônicos arrombados com o uso de explosivos.  Na ocasião, um homem, de 36 anos, foi preso em flagrante por policiais da região, após tentar se esconder no pátio de uma casa.

De acordo com o Delegado Anselmo Cruz, os demais autores chegaram a confrontar policiais quando tentavam sair da cidade, porém fugiram e acabaram invadindo uma casa na área rural de Rio do Campo, onde mantiveram vários moradores em seu poder, até o dia seguinte, quando os libertaram já na região de Blumenau.  “Os trabalhos de investigação passaram a identificar, então, os demais autores dos crimes, resultando ainda na prisão posterior de cada um dos envolvidos, alguns em SC e outros no PR”, explica.

Líder da quadrilha: 34 anos, foi preso em 12 de agosto em São José dos Pinhais, em ação conjunta com a Polícia Civil do PR, por conta da prisão preventiva decretada por Rio do Campo. Ele tem antecedentes criminais por homicídio, no estado do Paraná.

Comparsa 1: 35 anos, preso em Florianópolis, em 17 de março, pela equipe da DIC de Blumenau, por quem era investigado por ter praticado vários outros roubos naquela região. Com ele foi apreendido um fuzil calibre 556 e duas pistolas, armas essas usadas na ação em Rio do Campo.
 

Comparsa 2: 30 anos, preso em Biguaçu, no dia 17 de abril, na posse de duas emulsões explosivas, além de "miguelitos", usados para furar os pneus de veículos durante a fuga, e mais de 100 porções de crack e maconha.  Ele estava foragido do sistema prisional, onde cumpria pena por vários crimes anteriores de roubos e furtos.

Comparsa 3: 41 anos,  preso em março, pela Polícia Paranaense, envolvido em outro roubo naquele estado, também com a explosão de caixas eletrônicos.
Comparsa 4 – de 36 anos - preso por tráfico de drogas, em 1º de março, por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, na cidade de Indaial, mas também já havia cumprido pena por crime de roubo.

Colabore com a Polícia Civil. Disque Denúncia 181.

PUBLICIDADE damasio interno Anuncie

Outras Notícias

VER TODOS