Notícias

VER TODOS

Santa Catarina contabiliza 49 mortes violentas de mulheres em 2017

Santa Catarina contabiliza 49 mortes violentas de mulheres em 2017

O Diário Catarinense publicou hoje uma matéria sobre mortes violentas de mulheres. A pesquisa mostra que, desde o início do ano, ao menos 49 mulheres foram assassinadas em Santa Catarina. Destes casos, 14 foram definidos pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) como crime passional. Já as outras 18 mortes são classificadas como homicídio decorrente de violência doméstica — que acabam sendo classificados como feminicídio. No entanto, o número de casos ainda pode aumentar de acordo com o andamento dos inquéritos e processos.

Preocupada com essas estatísticas que só aumentam, a Associação dos Delegados de Polícia de Santa Catarina – ADEPOL-SC vem investindo forte numa campanha de proteção à mulher vítima de violência doméstica, cujo principal objetivo é incentivar a denúncia. A campanha amplamente divulgada em jornais, revistas, televisão e Internet traz uma mensagem impactante com as imagens de delegados com ferimentos no rosto, mostrando na pele as marcas da dor das mulheres que sofrem esse tipo de abuso. As imagens revelam que os profissionais também se comovem e compreendem o sofrimento da vítima. “Nosso intuito é erradicar esse tipo de crime, encorajando as mulheres a procurarem a delegacia ao humanizar os delegados”, explica Dr. Ulisses Grabriel, presidente da ADEPOL-SC.

Confiram nesse link a matéria na íntegra publicada no jornal Diário Catarinense.

PUBLICIDADE comarca interno 1 Anuncie

Outras Notícias

VER TODOS